Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Middle Way

Blog humanitário e reivindicativo da liberdade e felicidade de todos, até do próprio planeta.

Blog humanitário e reivindicativo da liberdade e felicidade de todos, até do próprio planeta.

03
Jan18

Um brownie diferente

JR

Ainda em Dezembro, empurrada pelo calendário do Advento, preparei um brunch natalício para a família. Após algumas pesquisas, acabei por decidir o menu:

hummus tradicional e pão

- ananás dos Açores

- bolachas de alfazema e de matcha

- iogurte grego + granola

brownie de beterraba

chai (chá preto com leite e especiarias de origem indiana)

 

 

IMG_20171222_112951.jpg 

 

Queria uma refeição leve mas, ao mesmo tempo, nutritiva. Utilizei algumas receitas já minhas conhecidas mas também quis fazer algo novo. Lá me deparei com esta receita de brownie de beterraba que logo me prendeu o olhar. Para além de adorar cozinhar com beterraba, adoro o sabor e, principalmente, a cor linda que dá aos pratos. Esta receita está divinal! As poucas coisas que alterei em relação à receita original foi, meramente, por não ter os ingredientes certos em casa.

 

 

IMG_20171222_002043.jpg

 

 

Brownie de beterraba:

 

Ingredientes:

 

- puré de duas beterrabas médias cozidas

- 2 colheres de sopa de óleo de côco

- 50g de chocolate de preto

- 3 ovos

- 1/2 chávena de açúcar

- 1 colher de chá de essência de baunilha

- 1/4 chávena de cacau em pó

- 1/2 chávena de amêndoa moída

 

 

Pré-aquecer o forno a 180ºC.

Forrar uma travessa pequena com papel vegetal.

Numa panela pequena, em lume brando, derreter o óleo de côco e o chocolate, mexendo sempre. Retirar do calor e deixar arrefecer.

Numa taça grande bater os ovos, o açúcar e a baunilha até obter um preparado homogéneo. Posteriormente, juntar-lhe o puré de beterraba e o chocolate derretido e arrefecido. Misturar bem.

Por fim, adicionar o cacau em pó e a amêndoa moída e incorporar delicadamente.

Verter para a travessa forrada e levar ao forno durante 20-25 minutos.

Decorar com pétalas de rosa secas.

 

Lindo e D-E-L-I-C-I-O-S-O.

 

IMG_20171221_234432.jpg

 

IMG_20171222_002204.jpg

 

IMG_20171222_002235.jpg

 

Algum expert em brunch por aí?

Follow
02
Out17

Um risotto vermelho

JR

Adoro pratos diferentes, apesar de intrinsecamente fáceis.

Como seguidora assumida de programas culinários e fã incondicional da saga Masterchef Australia, fui aprendendo que "os olhos também comem". Comecei, também, a dar oportunidade a ingredientes que utilizava pouco. Passei a experimentar outras formas de os confeccionar. A dar-lhes asas.

 

Quando me cruzei com o risotto vermelho, soube logo que tinha de o fazer!

 

IMG_20171002_133555.jpg

 

 

É um risotto de beterraba, o que lhe confere um sabor terroso e algo adocicado. O queijo parmesão equilibra o prato, cortando-lhe o sabor forte da beterraba. De qualquer forma, é preciso gostar muito deste ingrediente. 

A cor...ah, a cor! Simplesmente maravilhosa.

 

Então, aqui vai!

 

Risotto de beterraba (adaptado do blog mowielicious) :

- 2 colheres de sopa de azeite

- 1 cebola média picada

- 1 dente de alho picado

- 1 talo de aipo picado

- 150g de arroz Arborio

- 100 mL de cerveja

- 600 mL de caldo de carne

- 250 g de beterraba cozida ralada

- 2 colheres de sopa de manteiga

- 4 colheres de sopa de parmesão ralado

- raminhos de tomilho-limão

 

Aquecer numa o azeite numa wok. Adicionar a cebola e o aipo, deixando fritar até ficarem amolecidos. Adicionar o alho e, posteriormente, o arroz. Envolver até que fique coberto pelo azeite. Juntar a cerveja e deixar reduzir. Ir adicionando, lentamente, o caldo de vegetais, mexendo sempre. Deixar que cada porção de caldo seja absorvida pelo arroz antes de adicionar a seguinte. Juntar a beterraba e deixar cozinhar por 5 minutos. 

Retirar do lume. Adicionar a manteiga e meia quantidade de parmesão, envolvendo bem. Deixar repousar 2-3 minutos, tapando a wok.

Polvilhar com o parmesão restante e decorar com tomilho limão. Servir!

 

IMG_20171002_133644.jpg

 

IMG_20171002_133527.jpg

IMG_20171002_133734.jpg

 

Espero que gostem!

 

 

 

 

Follow
01
Set17

Acompanhamentos coloridos

JR

Em criança não gostava nada de beterraba. Aquele sabor a terra punha-me a fugir.

Mas com o passar do tempo (não sei explicar este fenómeno) passei a adorar. Na verdade, passei a gostar de várias coisas que antes me repugnavam. 

Uma coisa que se mantém é o meu gosto por coisas avinagradas: pickles, vinagretes, tudo que leve vinagre balsâmico...

 

Já há muito tempo que, quando cozo beterraba, a tempero com imenso vinagre. Entretanto, experimentei ontem esta receita que é maravilhosa na sua simplicidade. O toque a anis caiu-lhe tão bem, que tive de partilhar (mãe, esta receita é para ti!)

 

IMG_20170901_131955.jpg

 

Primeiro, cozi a beterraba durante uns 30 minutos, até ficar mais molinha. Depois, coloquei numa travessa, reguei com parte da água da cozedura, e levei ao forno mais 30-40 minutos até estar completamente cozida.

Depois de arrefecida, cortei em rodelas.

 

Numa panela pequena, coloquei 2 copos pequenos de vinagre branco, 1/3 desse copo de açucar, 1 colher de chá de sal, uma pitada de pimenta preta e uma estrela de anis. Deixei ferver uns 5 minutos, até ter a certeza que o açucar estava completamente dissolvido.

Reguei a beterraba com este preparado e deixei no figrorífico durante a noite.

Hoje comi como acompanhamento. Fantástico.

 

Têm receitas maravilhosas com beterraba? Podem partilhá-las comigo! 

 

Follow

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal

A Ler

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D

    Website translation